Epidemiologia

5 ECTs / Semestral / Português

Objetivos e Competências

Objectivos Pedagógicos:

  • Conhecer o conceito e o âmbito de actuação da epidemiologia; 
  • Perceber a importância da epidemiologia para a análise dos problemas em saúde; 
  • Conhecer os diferentes tipos de estudos epidemiológicos, comparando-os e discutindo as suas vantagens e desvantagens; 
  • Conhecer as diferentes medidas epidemiológicas e calculá-las, considerando diferentes tipos de estudos; 
  • Detectar diferentes fontes de erro nos estudos epidemiológicos e a forma mais adequada de os contornar. 

Resultados Expectáveis: 

  • Compreender e interpretar a investigação epidemiológica e aplicar os resultados à prática das Ciências da Saúde; 
  • Saber analisar de forma crítica um artigo científico, transpondo a evidência para a prática profissional. 
  • Tornar o aluno capaz de abordar uma questão epidemiológica, conduzindo estudos que respondam adequadamente ao problema.

 

Metodologias de ensino

Esta disciplina contempla uma componente teórica, constituída por aulas expositivas e participativas e uma componente teórico-prática onde são analisados artigos científicos e resolvidos exercícios práticos.
Os alunos realizam, também, um protocolo de investigação científica onde são incentivados a desenvolver o rigor metodológico e a prever as dificuldades e desafios do trabalho de campo.

A avaliação será composta por 3 itens:

  1. Assiduidade e participação nas aulas teóricas e teórico-práticas e desempenho no trabalho de campo;
  2. Protocolo de investigação realizado em grupo;
  3. Avaliação de conhecimentos teóricos por exame final.

Condições para Obtenção de Frequência

  1. Assiduidade e participação nas aulas e desempenho no trabalho de campo – 10% da nota final
  2. Trabalho de investigação em grupo (nota mínima de 2,0 valores) – 20% da nota final
  3. Avaliação por exame final (nota mínima 9,5 valores) – 70% da nota final

 

Conteúdos

AULAS TEÓRICAS

  1. Epidemiologia: o conceito e a história. O aparecimento de diferentes ramos da epidemiologia.
  2. Quantificação da saúde das populações: epidemiologia descritiva (medidas de frequência) e epidemiologia analítica (medidas de associação e de impacto).
  3. Tipologia de estudos: estudos experimentais, transversais, ecológicos, de coorte e caso-controlo.
  4. Fontes de informação em Saúde. Revisão sistemática e meta-análise.
  5. Viés, confundimento e interacção. Inferência e causalidade.
  6. Sensibilidade, especificidade e valor preditivo.
  7. Epidemiologia nutricional: particularidades da avaliação da ingestão alimentar em estudos epidemiológicos e métodos utilizados.
  8. Validade e reprodutibilidade: definições e condução de estudos desta natureza.
  9. Epidemiologia das doenças cardiovasculares.
  10. Desafios futuros na epidemiologia.

AULAS TEÓRICO-PRÁTICAS

  1. Quantificação da saúde das populações: epidemiologia descritiva (medidas de frequência) e epidemiologia analítica (medidas de associação e de impacto).
  2. Tipologia de estudos epidemiológicos.
  3. Averiguação da existência de confundimento e interacção.
  4. Cálculo da sensibilidade, especificidade e valores preditivos.
  5. Leitura crítica de artigos científicos.

ORIENTAÇÃO TUTORIAL
Delineamento de um protocolo de investigação científica.

Docentes

Professor(a) Auxiliar Convidado(a)
Licenciou-se em Ciências da Nutrição pela Universidade do Porto em 2003 e doutorou-se em Saúde Pública na mesma Universidade em 2010. É, desde 2008…