Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis: Parceria vai transformar Portugal num hub de novas biomoléculas

Quinta-feira, Novembro 23, 2023 - 11:49

Desenvolver a próxima geração de biomoléculas. Este é o grande objetivo da parceria entre o Centro de Biotecnologia e Química Fina da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa e a Biorbis que foi anunciada num evento a 20 de novembro. Uma sessão que contou também com a presença do Secretário de Estado para Internacionalização, Bernardo Ivo Cruz.

Isabel Capeloa Gil, reitora da Universidade Católica Portuguesa, partilhou a enorme importância desta parceria que é lançada “num momento em que a Universidade está a recentrar a sua missão não apenas na investigação, onde somos excelentes, mas também em fazer da Universidade um espaço de reinvenção contínua, integrando uma diversidade de ideias, experiências e práticas, e em particular reforçando as pontes entre disciplinas, comunidades, e muito especificamente com a indústria e os mercados.” Isabel Capeloa Gil reforçou também que “esta jointventure nasce num momento em que se vê uma transição mundial para a bioeconomia.

A colaboração entre a Universidade Católica Portuguesa e a Biorbis tem um horizonte de 5 anos e terá início com a integração de 40 investigadores para desenvolverem um projeto privado de investigação – o CIRCULAS.  Este programa prevê um investimento privado inicial de 3 milhões, com um potencial de 23 milhões nos próximos 5 anos, no projeto de investigação e inovação que procura desenvolver a próxima geração de biomoléculas seguras, sustentáveis e de elevado valor.

Partilhamos os valores humanistas e juntos, aliando o talento à investigação em prol de um mundo mais amigo do Ambiente, vamos conseguir grandes resultados,” as palavras foram proferidas pelo CEO da Ingenio Magdalena e co-fundador da Biorbis, Jorge Leal. “A Ingenio Magdalena lidera a produção de cana-de-açúcar na Guatemala e integra o top 5 dos produtores de açúcar da América Latina,” salientou, acrescentando “e orgulhamo-nos de ser uma empresa que tem implementado um sistema que permite a circularidade total.” Mas neste projeto, “vemos um potencial enorme de crescimento porque o desenvolvimento de biomoléculas de nova geração vai permitir dar mais valor aos nossos subprodutos e inspirar e ajudar muitas empresas a atingir o desperdício zero, através da reconversão dos seus resíduos em subprodutos com criação de valor.” 

Manuela Pintado, diretora do Centro de Biotecnologia e Química Fina, destacou o trabalho que tem sido desenvolvido pelos investigadores que fazem parte deste laboratório associado na área da fermentação e desenvolvimento de biomoléculas. “Temos uma equipa multidisciplinar, laboratórios com equipamento de topo e procedimentos standardizados que nos permitem ser ágeis na resposta às necessidades e exigências do mercado empresarial,” referiu. O projeto prevê “a valorização económica de subprodutos identificados pela Biorbis para obtenção de novas biomoléculas bem como otimizar fermentação para aumentar a eficiência da sua produção,” concluiu.

Jorge Portugal, diretor da COTEC Portugal, realçou a importância de trazer para Portugal “um projeto tão importante e transformativo que alia a ciência e a tecnologia para tornar a economia mais produtiva e sustentável nas próximas décadas.” O diretor da COTEC Portugal salientou também que “em paralelo, é muito importante para o país ter políticas públicas de base científica.

A abordagem multidisciplinar é a chave da economia e a combinação de diferentes áreas do conhecimento permite construir projetos que aliam a ciência à indústria, como o que agora vemos nascer,” referiu Bernardo Ivo Cruz, secretário de Estado para a Internacionalização, no encerramento da sessão.

A assinatura do memorando de entendimento entre a Universidade Católica Portuguesa e a Biorbis decorreu no dia 20 de novembro, no Auditório Comendador Arménio Miranda, na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa.

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis: Parceria vai transformar Portugal num hub de novas biomoléculas

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 01

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 02

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 03

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 04

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 05

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 06

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 07

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 08

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 09

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 10

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 11

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 12

media-content

Escola Superior de Biotecnologia e Biorbis - 13

media-content