Pós-Graduação em Innovation for Sustainable & Regenerative Business

Apresentação

Mensagem dos Diretores

No âmbito do Plano Estratégico da Católica Porto Business School, surge a iniciativa de lançar um novo bloco de cursos de formação executiva, com o nome 'Negócios Sustentáveis e Regenerativos', focados em soluções de negócio circulares e não violando limites sociais e ambientais, impulsionadas pela tecnologia e inovação disruptiva.

Num momento de mudanças sociais e ambientais indiscutíveis, é importante obter uma ampla compreensão de como incorporar a sustentabilidade e a regeneração na estratégia empresarial e nos negócios, beneficiando o desempenho financeiro e as práticas de gestão. Estar na vanguarda neste campo emergente é fundamental para o futuro dos negócios. Ao mesmo tempo, a indústria exige aos funcionários que entendam como contabilizar a sustentabilidade e a regeneração e que entendam estas temáticas da perspetiva do negócio e das novas exigências dos consumidores.

A PG Innovation for Sustainable & Regenerative Business ilustra como as empresas podem prosperar e crescer enquanto resolvem alguns dos maiores desafios do mundo e como nós, enquanto indivíduos, podemos fazer a diferença.

Esta proposta visa também fomentar a diversificação temática da oferta de formação da Católica Porto Business School e da Escola Superior de Biotecnologia, e é lançada no âmbito do INSURE.hub, uma iniciativa promovida pela Universidade Católica Portuguesa, no Porto, através daquelas Escolas, com a Planetiers New Generation.

 

Fotografia de João Pinto


João Pinto

Diretor Innovation for Sustainable & Regenerative Business
jpinto@ucp.pt

 

Fotografia de Manuela Pintado


Manuela Pintado

Diretora Innovation for Sustainable & Regenerative Business
mpintado@ucp.pt

 

Fotografia de António Vasconcelos


António Vasconcelos

Diretor Innovation for Sustainable & Regenerative Business
antonio.vasconcelos@planetiersnewgeneration.com
 

Objetivos

Esta pós-graduação visa dotar os participantes das ferramentas necessárias para tomarem decisões adequadas, numa economia que caminha para a sustentabilidade e a regeneração.

Os objetivos prosseguidos são os seguintes:

  • compreender e analisar os modelos de negócio que impulsionam a mudança;
  • comunicar as vantagens competitivas de ser um líder orientado por propósito;
  • entender como promover soluções de negócio circulares, sustentáveis e regenerativas, impulsionadas pela tecnologia e inovações disruptivas; 
  • ter uma visão geral do quadro atual e das regulamentações pendentes da UE para promover a agenda de sustentabilidade (O Pacto Ecológico Europeu e o Plano de Ação da Nova Economia Circular);
  •  ser capaz de liderar para a sustentabilidade e criar um ambiente sustentável;
  • ser capaz de avaliar as decisões corporativas de acordo com critérios de negócio sustentáveis (decisões estratégicas e operacionais);
  • compreender a mudança fundamental por trás da transformação da economia linear para a circular;
  • saber mapear a sustentabilidade na estratégia corporativa, ferramentas para a gestão estratégica;
  • compreender conceitos como valor partilhado, valor sistémico e inovação social;
  • utilizar as suas implicações na gestão das organizações;
  • compreender o significado e a relevância do empreendedorismo social e da filantropia;
  • avaliar oportunidades de negócio assentes na criação de valor, entender investimentos com impacto, bem como relatórios, métricas não financeiras e critérios ESG;
  • compreender os instrumentos de financiamento sustentável (obrigações verdes, obrigações sociais, empréstimos bancários verdes; etc.).
  • Os participantes serão capacitados construir um plano de ação para a sustentabilidade e regeneração.

 

Destinatários

O programa foi pensado para atender não apenas um público-alvo disperso por diversos segmentos relevantes, os gestores das áreas/de- partamentos de sustentabilidade das organizações, mas também os funcionários do setor público e privado que desejam aprofundar conhecimentos nas áreas de economia circular, inovação, liderança, ética, estratégia e finanças sustentáveis.