Microbiologia Clínica

5 ECTS / Semestral / Inglês

Objetivos e Competências

Esta disciplina tem como objectivo salientar o papel dos principais grupos de microrganismos responsáveis pela infecção, bem como dar a conhecer metodologias eficazes de diagnóstico para cada produto e agente e respectivo tratamento, perante diferentes perfis de resistência.

No final pretende-se que os alunos: i) conheçam os conceitos básicos da Microbiologia clínica; (ii) associem de um modo geral os microrganismos à patologia humana; iii) conheçam as características principais de cada microrganismo, o seu papel na infeção, estabelecer o diagnóstico e o tratamento eficaz iii) dominem o funcionamento e organização de um laboratório clínico e implementação de controlo de qualidade; iv) dominem os diversos métodos laboratoriais de diagnóstico adquirindo também competências em aspectos práticos de identificação de agentes provenientes de diferentes produtos clínicos.

Finalmente, é esperado que desenvolvam competências na aplicação desses conhecimentos às Ciências Biomédicas.

 

Metodologias de ensino

Os diferentes pontos do Programa são abordados em aula teórica semanal com a duração de 1h (apresentações com imagens ilustrativas, exemplos e casos clínicos relacionados com a matéria) uma aula tutorial quinzenal (onde as regras de amostragem e controlo de qualidade num laboratório são explicados e demonstrados com exemplos de boas e más práticas) uma aula prática semanal com a duração de 2 h (com trabalhos onde os alunos vão aplicando os conhecimentos teóricos no diagnóstico real de produtos clínicos incluindo metodologias avançadas de diagnóstico).

 

Conteúdos programáticos

Durante a leccionação das aulas prática, tutoriais e teóricas serão apresentados aos alunos conteúdos programáticos que se centrarão fundamentalmente no estudo dos principais grupos de agentes bacterianos responsáveis pela infecção humana, abordando os seguintes pontos: (i) características morfológicas e culturais (ii) factores de virulência e mecanismos de invasão específicos; (iii) sinais e sintomas desencadeados no hospedeiro, (iii) associação do grupo de microrganismos presentes como patogénicos em cada produto clínico e métodos de diagnóstico (iv) tratamento e formas de prevenção.

Os principais grupos de bactérias abordados incluem: Staphylococcus, Streptococcus, Enterobacteriacea, Pseudomonadaceae, Francisella/Pasteurella, Legionella/Brucella, Vibrionaceae, Campylobacter/Helycobater, Neisseria, Haemophilus, Bordetella, Bacilos Gram positivo não esporulados, Bacillus, Bactérias anaeróbias, Micobactérias, Espiroquetas, Micoplasmas e Clamídeas.

Docentes

Professor(a) Associado(a)
Licenciada em Farmácia pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (1991) e doutorada em Biotecnologia pela Universidade Católica Portuguesa (UCP) em…
Investigador(a)
Doutorada em Engenharia Química e Biológica pela Universidade do Minho em 2017. Licenciada em Análises Clínicas e Saúde Pública pela Escola Superior de…
Docente Convidado(a)
Brevemente disponível