Seminários de Investigação CBQF/LAE

Quinta-feira, Novembro 24, 2022 - 14:30

 

Introdução ao melhoramento genético em plantas

24-11-2022 | Auditório Arménio Miranda, no EBI | 14h30

A Humanidade depende da produção de plantas a múltiplos níveis, sejam alimentares, farmacêuticos, ecológicos, económicos, para mencionar alguns numa infindável lista. Ao longo de várias gerações, o uso de plantas de uma forma sustentável pressupôs um melhoramento genético tradicional por via de seleção de plantas com características de interesse. Com o desenvolvimento do conhecimento molecular, genético e biotecnológico, o melhoramento de plantas desenvolveu enormes progressos. Neste seminário serão introduzidos conceitos relacionados com o melhoramento genético, bem como as diversas estratégias de melhoramento clássico e moderno. Será ainda discutido o papel crucial da biodiversidade e as consequências do processo de domesticação, especialmente num contexto de alterações climáticas. Após a contextualização dos diferentes conceitos e metodologias, serão abordados projetos científicos específicos que envolvem o melhoramento genético em plantas com vista a responder problemas críticos relacionados com carência de micronutrientes na dieta humana. 

Pedro-Humberto-Castro

Pedro Humberto Castro 
Biólogo molecular de plantas. Após terminar a licenciatura em Biologia Aplicada (2007) e especializar-se em Fisiologia Molecular Vegetal (2008), iniciou o doutoramento (Univ. Minho, PT; Univ. Málaga, ES) para compreender os mecanismos moleculares envolvidos na regulação da homeostasia de nutrientes e aumentar a resiliência das plantas às mudanças climáticas. Após concluir o doutoramento (2013), PHC foi professor assistente convidado na Univ. Minho. Em 2015, mudou-se para a Univ. Copenhaga (DK), onde esteve envolvido em descobertas inovadoras que desvendaram como as plantas percecionam e regulam o micronutriente zinco. Numa perspetiva translacional, parte do conhecimento foi aplicado ao estudo de como o tomate regula a homeostasia do zinco e que poderá potenciar a biofortificação deste nutriente nos frutos. Atualmente, PHC é investigador do BIOPOLIS/CIBIO-InBIO, Univ. Porto (PT), onde estuda mecanismos de regulação de micronutrientes e elementos benéficos (i.e. iodo) e estratégias genéticas para combater condições de stresse ambiental