Estágio

30 ECTs / Semestral / Português

Objetivos e Competências

  1. Enriquecer a componente profissional da formação;
  2. Proporcionar experiência da prática profissional em contexto organizacional;
  3. Promover a articulação entre os conhecimentos teóricos e a realidade das ciências da nutrição e alimentação;
  4. Possibilitar, em contexto de aprendizagem, a reflexão crítica sobre a realidade profissional das ciências da nutrição e alimentação e o desenvolvimento de tarefas em contexto real de trabalho;
  5. Contribuir para o desenvolvimento científico pela participação em trabalhos de investigação ou realização de uma monografia;
  6. Facilitar a inserção no mercado de trabalho.

No final do Estágio o aluno deverá:

  1. Ter capacidade para, de forma autónoma, desenvolver e aprofundar saberes e práticas próprias das Ciências da Nutrição;
  2. Demonstrar capacidade científica e de aplicação técnica dos conhecimentos adquiridos durante a componente teórico/prática do curso;
  3. Revelar atitudes ético-deontológicas próprias da profissão;
  4. Organizar o tempo disponível de forma a programar, executar e avaliar eficaz e eficientemente, as técnicas de rotina no ambiente de trabalho;
  5. Contribuir para o bem-estar da equipa de trabalho em que está integrado, assim como, para a rentabilidade efectiva do trabalho;
  6. Demonstrar atitudes de relacionamento com os profissionais e utentes, conducentes à relação social necessária ao exercício da profissão;
  7. Elaborar de forma precisa, relatórios/dossier de toda a actividade prática desenvolvida, e trabalhos de investigação no âmbito do Estágio.

 

Metodologias de ensino

O Estágio desenvolve-se durante o semestre VIII do 4º ano da referida licenciatura.
O Estágio decorrerá numa instituição do sector público, privado ou associativo/cooperativo, situada num raio até 70 km, junto de um licenciado em Ciências da Nutrição (ou áreas afins) que aceite e se comprometa a assegurar a orientação do Estágio. Esta unidade de Estágio terá a duração de ca. 720 horas, distribuídas ao longo de um período máximo de 5 meses, em horário semanal, com 26 horas de orientação tutorial e 35 horas de seminários.

  1. A avaliação do Estágio compreende:
    1. Avaliação contínua, tendo em conta o saber cognitivo, o saber-fazer, as atitudes e o comportamento do aluno no Estágio. Ao longo do Estágio, o Orientador deverá informar o aluno do seu percurso e progresso e, no final do Estágio fará uma apreciação quantitativa da sua prestação numa escala de 0 a 20.
    2. Elaboração de um “Portfólio de Estágio” que servirá de suporte à realização do Relatório de Estágio e que será avaliado qualitativamente pelo orientador e pela comissão de coordenação do Estágio. O “Portfólio de Estágio” deve reunir um conjunto de dados sobre a aprendizagem do aluno e exige reflexão, auto-avaliação, juízos e decisão. Deverá ser o resultado do trabalho desenvolvido pelo aluno e não a acumulação de conceitos teóricos resultantes da pesquisa bibliográfica. O Portfólio deverá integrar para cada área de intervenção as seguintes categorias:
      1. Apresentação
      2. Investigação Técnico-científica
      3. Atitudes e Comportamentos
      4. Percurso e Progresso do Aluno
      5. Apreciação Global
    3. Elaboração do Relatório de Estágio, correspondente a uma compilação sucinta das actividades desenvolvidas ao longo do estágio e cujas regras de elaboração se encontram no documento “Normas de elaboração da Monografia/Projecto de Investigação e Relatório de Estágio”.
    4. Elaboração de uma monografia ou projecto de investigação enquadrado nas actividades desenvolvidas ao longo do estágio, cujas regras de elaboração se encontram no documento “Normas de elaboração da Monografia/Projecto de Investigação e Relatório de Estágio”.
    5. Apresentação pública da monografia/projecto de investigação.
  2. A avaliação terá em conta os seguintes parâmetros:
    1. capacidade de assimilação e interpretação da realidade organizacional;
    2. capacidade de assimilação, interpretação e intervenção nos processos técnicocientíficos inerentes ao Estágio;
    3. revisão bibliográfica sobre a(s) problemática(s) abordada(s) no Estágio;
    4. capacidade de definição de estratégias de intervenção;
    5. capacidade de planeamento e estruturação das intervenções;
    6. capacidade de pró-actividade e de iniciativa;
    7. capacidade de clareza, rigor e síntese na reflexão produzida sobre o trabalho desenvolvido;
    8. capacidade de clareza, rigor e síntese na comunicação oral do trabalho desenvolvido;
    9. assiduidade e pontualidade;
    10. integridade e ética.
      Nota: Os elementos de avaliação serão entregues à comissão de coordenação do Estágio no período de 2 semanas seguintes ao término do Estágio.
  3. Classificação final de Estágio:
    1. À componente do Estágio são atribuídas 30 ECTS;
    2. Todas as classificações serão expressas numa escala de 0 a 20 valores, arredondadas às unidades.
    3. A classificação final do estágio é arredondada às décimas, sendo obtida através da média das classificações obtidas na avaliação contínua (35%), na elaboração do portefólio de estágio (20%), na elaboração do relatório de estágio (10%), na elaboração da monografia/projecto de investigação (25%) e na apresentação pública do mesmo (10%).

 

Conteúdos

O estágio poderá visar até duas das áreas de actividade dedicadas à problemática da Nutrição e/ou da Alimentação, designadamente:
Nutrição Clínica
Nutrição Comunitária
Restauração Colectiva
Indústria Alimentar
Investigação em Ciências da Nutrição e Alimentação
Nutrição e Desporto.

Docentes

Professor(a) Auxiliar Convidado(a)
Licenciou-se em Ciências da Nutrição pela Universidade do Porto em 2003 e doutorou-se em Saúde Pública na mesma Universidade em 2010. É, desde 2008…