Projecto em Engenharia Biomédica

10 ECTS / 3º Semestre / Português

Objetivos e Competências

Aquisição de capacidades para a elaboração de um trabalho de síntese, em grupo, que requer um domínio adequado dos vários saberes requeridos por uma actividade profissional em Engenharia Biomédica. Os projectos centram-se nas temáticas e aplicações acima indicadas. Pretende-se que esta integração de conhecimentos simule, tanto quanto possível, um enquadramento profissional. As competências de participação em equipas de trabalho e de elaborar apresentações escritas e orais de natureza técnica são muito valorizadas.

 

Metodologias de ensino

No início do semestre, os alunos formam grupos e seleccionam os temas de trabalho. Estes são escolhidos dentro de um leque apresentado pelos docentes, que está também aberto a sugestões vindas dos próprios alunos. Nas primeiras semanas, cada grupo planeia e apresenta uma calendarização do Projecto. Os professores da disciplina têm reuniões de periodicidade semanal com cada grupo, acompanhando e orientando a evolução do trabalho. No final do semestre, os alunos apresentam um relatório escrito devidamente estruturado e fazem uma comunicação oral do seu trabalho. Nesta estão presentes todos os alunos de Projecto de 2º Ciclo das diferentes Engenharias, bem como diversos docentes e investigadores, da casa e convidados.
Durante o semestre são oferecidas palestras sobre diferentes temas afectos à realização de projectos no âmbito de Engenharia. Existem também apresentações tipo “Seminário”, dadas por especialistas em áreas diversas, incluindo temas mais amplos, tais como “inovação empresarial”, “oportunidades de negócio”, ou “como iniciar uma empresa”.
Para a nota final, têm-se em linha as seguintes ponderações: avaliação contínua durante o desenvolvimento projecto – 10%; Relatório escrito – 60%; Apresentação oral e defesa do projecto – 30%.

 

Conteúdos

AULAS TEÓRICAS
Realização de estudos teóricos de projecto de engenharia e/ou desenvolvimento de protótipos de bens para aplicações biomédicas. Pode tratar-se de estudos sobre processos e equipamentos utilizados em diagnóstico ou terapia; análises operacionais e de planeamento de unidades de saúde e afins; desenvolvimento de software para aplicações nas duas temáticas anteriores, etc. Em qualquer caso, os projectos têm um carácter integrador de conhecimentos previamente adquiridos. Dá-se ênfase às suas análises económico-financeiras, através da avaliação de indicadores de viabilidade. Paralelamente, organizam-se seminários por especialistas em matérias relevantes para os projectos e em inovação empresarial.

Docentes

Professor(a) Auxiliar
Doutorado pelo Massachusetts Institute of Technology (Estados Unidos) em Engenharia Bioquímica (1993) e Engenheiro Químico pela Universidade do Porto (1987…