Fotografia de Ana Catarina Araújo

Ana Catarina Araújo

Auditora Interna de Segurança Alimentar
SONAE MC
Mestrado em Engenharia Alimentar

No ano 2015 terminei o Mestrado em Engenharia Alimentar e iniciei a minha carreira na indústria. Desde então tive a oportunidade de trabalhar em diferentes empresas do setor alimentar e, atualmente, encontro-me a colaborar com o Retalho como Auditora Interna de Segurança Alimentar na SONAE MC.

Após a Licenciatura em Bioengenharia não tive dúvidas de que a melhor opção seria continuar os estudos na ESB. Como fatores decisivos aponto a proximidade com a indústria, as inúmeras parcerias nacionais e internacionais que oferece e o contacto próximo entre alunos e professores. A forte componente prática e o prestígio junto dos empregadores foram características diferenciadoras que me permitiram sobressair no mercado de trabalho desde a minha primeira experiência profissional.

É sempre difícil escolhermos uma só memória quando passámos por anos recheados de momentos positivos mas talvez o dia em que terminei o Mestrado seja o mais especial de todos. Foi o momento em que percebi que fui capaz, que valeu a pena e que estava preparada para os próximos desafios. Foi, sem dúvida, a escolha mais acertada que me permite trabalhar numa área tão desafiante e com uma oferta muito vasta.
Fotografia de Ana Mota

Ana Mota

Diretora de Qualidade e Segurança Alimentar
NAVIRES Sociedade Nacional de Víveres Lda
Mestrado em Engenharia Alimentar

Para mim o acompanhamento próximo dos professores do Mestrado em Engenharia Alimentar da ESB é o que promove a excelência académica desta instituição. A componente prática das unidades curriculares são excelentes quer seja pela diversidade de equipamentos com que contactamos, muitos deles semelhantes ao mundo da indústria ou pelos métodos de trabalho que se equiparam ao que acontece quando trabalhamos numa empresa.

Para além disto, estudar numa faculdade da Universidade Católica Portuguesa permite aos alunos integrar uma comunidade onde têm acesso a inúmeras experiências, sejam elas concursos, como o Ecotrophelia, núcleos de voluntariado como a UDIP/CASO ou outras.

Quando terminei o estágio curricular a empresa propôs dar seguimento ao trabalho efetuado e trabalho aqui desde então. Assim, posso afirmar com toda a certeza: recomendo vivamente o Mestrado em Engenharia Alimentar da ESB!
Fotografia de Miguel Freitas

Miguel Freitas

Vice-President for Scientific Affairs
Danone North America
Mestrado em Engenharia Alimentar

Tem sido um percurso interessante desde que me formei na Escola Superior de Biotecnologia da UCP no Porto. Candidatar-me ao curso em Engenharia Alimentar na ESB foi uma decisão óbvia devido a todas as oportunidades que este curso poderia oferecer, especialmente abrindo as portas a organizações internacionais e grandes empresas do setor alimentar. Eu estava interessado em construir uma carreira internacional e acredito que a ESB tornou isso possível. Tenho orgulho de ser alumni da UCP e não teria mudado nenhuma das minhas escolhas ao longo do meu percurso académico e profissional.
Fotografia de Sofia Roby

Sofia Roby

Técnica de Qualidade
Central Lomera Portuguesa
Mestrado em Engenharia Alimentar

O mestrado é uma das etapas mais importantes no percurso profissional pois é a etapa transitória entre o mundo académico e o mundo do trabalho, sendo que o desafio é a escolha de um mestrado onde exista um equilíbrio entre essas duas componentes. 

O mestrado em engenharia alimentar possui precisamente essa característica fundamental, uma vez que permite ao estudante, devido às inúmeras parcerias com empresas de renome, estagiar e vivenciar o dia-a-dia do mundo do trabalho. Adicionalmente este mestrado permite ao estudante desenvolver as suas capacidades empreendedoras pela diversidade de atividades que apoia como por exemplo a Ecotrophelia, concurso onde desenvolvi o meu primeiro produto em conjunto com os meus colegas e que me permitiu entrar em contacto com uma grande diversidade de áreas, desde de marketing e segurança alimentar, à elaboração do produto e até à área económica – sempre com o apoio incondicional de todos os professores.

Uma das melhores memórias que tenho do mestrado foram os dias passados no kitchen lab a investigar, desenvolver e criar tendo disponível, sem qualquer tipo de limitação, com todos os recursos fornecidos pela ESB desde equipamentos a matérias-primas e o mais importante: os ensinamentos dos professores.

O corpo docente é o coração do mestrado. A dedicação que demonstram e o carinho que transmitem torna um percurso mais fácil de percorrer por nos sentirmos apoiados. Entrei no mestrado com o objetivo de enveredar na indústria alimentar na área da qualidade e posso dizer que neste momento me encontro exatamente onde pretendia: a trabalhar na área do pescado e no departamento da qualidade porque o mestrado em engenharia alimentar na ESB é um mestrado de prestígio e esse prestígio é reconhecido.

Contactos

2. Queremos falar consigo!

E-mail: biotecnologia@ucp.pt

Tel: 932 011 541 (chamadas, sms, WhatsApp, Telegram, Signal)

Agende connosco uma reunião online​