10 Razões para Estudar na ESB

EXCELÊNCIA NO ENSINO

Com um corpo docente altamente qualificado, os estudantes estão imersos num ambiente científico-tecnológico moderno, voltado para o futuro e de elevado rigor pedagógico onde colaboram diversos especialistas de topo nas suas áreas. Além disso a Escola Superior de Biotecnologia usufrui de cerca de 40 redes nacionais e internacionais de ensino e investigação que envolvem centenas de instituições de renome.

 

CRESCIMENTO PESSOAL E SABER INTEGRAL

A Escola Superior de Biotecnologia promove abordagens de ensino que estimulam o desenvolvimento integral e cultural, incluindo módulos de Pensamento Crítico, de Escrita Criativa, de Humanismo e Cristianismo e de Desenvolvimento de Competências Pessoais. Este contexto multifacetado é um fator diferenciador que desafia cada um a destacar-se.

 

SABER DE EXPERIÊNCIA FEITO

Na Escola Superior de Biotecnologia aprende-se experimentando. As disciplinas apresentam uma forte componente laboratorial onde turmas de pequena dimensão estimulam a capacidade individual de resolução de problemas. A proximidade e atenção personalizadas na relação professor/aluno(a) permeiam o ensino na Escola Superior de Biotecnologia.

 

INVESTIGAÇÃO DE REFERÊNCIA

A Escola Superior de Biotecnologia inclui um centro de investigação reconhecido pela excelência em diversas áreas da Biotecnologia e elevado à categoria de Laboratório Associado desde 2004. O "Clube de Investigadores" acolhe desde o primeiro ano todos os alunos das licenciaturas interessados em integrar as equipas de investigação existentes, onde podem desenvolver projetos para além do definido no programa curricular.

 

PARCERIAS ESTRATÉGICAS E PROGRAMA DE MENTORADO

A vasta gama de parcerias com a indústria e outras organizações que a Escola Superior de Biotecnologia mantém, a nível nacional e internacional, promove um contacto privilegiado com o mercado profissional nomeadamente através de estágios curriculares e estágios de verão, entre outros. Por outro lado, através do Programa de Mentorado por Profissionais, é estruturada uma ligação com Antigos Alunos que cria uma oportunidade única para refletir e orientar o progresso académicos e otimizar perspetivas de carreira.

 

MOBILIDADE INTERNACIONAL

Através do programa Erasmus, entre outros, estão disponíveis estágios no estrangeiro, tanto em universidades como no mundo empresarial, organizados pelo Serviço de Mobilidade e Relações Internacionais. Nas suas três décadas de existência, a Escola Superior de Biotecnologia já colocou mais de mil alunos em estágios internacionais.

 

UM AMBIENTE MULTIDISCIPLINAR

A Escola Superior  está integrada no Centro Regional do Porto da Católica que inclui diversas faculdades que promovem a interação aberta e colocam à disposição a sua oferta curricular, para além de oferecer programas transversais estimulantes. Todas as atividades não curriculares, incluindo voluntariado na CASO - Católica Solidária e na Gás África, são reconhecidas em suplemento ao diploma oficial de fim de curso.

 

EMPREGABILIDADE E RECONHECIMENTO NO MERCADO

Os diplomados da Escola Superior de Biotecnologia são particularmente bem acolhidos pelo mercado de trabalho, muitos ocupando lugares de destaque na saúde, ambiente e indústria alimentar. O Serviço de Estudantes e Empregabilidade está disponível para apoiar a inserção no mercado de trabalho, para além de organizar encontros de networking onde empresas e alunos interagem e discutem oportunidades de carreira.

 

PONTO DE PARTIDA PARA O EMPREENDEDORISMO

A Escola Superior de Biotecnologia também forma para o empreendedorismo. A sua estratégia BioSpin fomenta a conceção de projetos empresariais na área da biotecnologia desde 1994 e, através dela, a criação de negócios pode surgir com a formação académica.

 

VOLUNTARIADO E ENVOLVIMENTO COM A COMUNIDADE

Na Escola Superior de Biotecnologia é fomentado o envolvimento em atividades com a comunidade, o que ajuda a desenvolver capacidades como a organização e a gestão do tempo. Através da UDIP (Unidade de Desenvolvimento Integral da Pessoa) é oferecido um conjunto de experiências de desenvolvimento pessoal diferenciadoras, incluindo a oportunidade de integrar as dinâmicas de voluntariado existentes na Universidade.

Testemunho

Avatar

Sofia Almeida Melo

Aluna do 1.º ano em Ciências da Nutrição
"Aqui, como aluna do Curso de Ciências da Nutrição, sei que irei adquirir as competências necessárias de modo a atingir os meus objetivos profissionais sem quaisquer reservas."